sábado, 9 de junho de 2012

Uma casa nova!


Você  já têve dias em que acordou e desejou que tudo fosse diferente?  Já sentiu que vc está correndo e de repente parece que o caminho ficou sem sentido, sem rumo? Não se desespere; penso que todos já passaram  por isso. Não significa que sejamos ingratos ou insatisfeitos com o que temos; apenas precisamos de tempo; tempo pra nós mesmos; tempo de renovação; tempo de reavaliar conceitos e metas; rever  e reviver alguns sentimentos e emoções. Não podemos viver a vida numa corrida desenfreada sem parar para refletir no que tem  passado por nós ao longo da Estrada; de vez em quando faz-se necessário, tirarmos um tempo, nos desconectarmos  literalmente de tudo e curtir uma boa música e pensar na vida, na nossa vida e no que realmente importa, no que tem verdadeiro valor.  Vc pode se surpreender com essa experiência e descobrir que a casa nova que precisamos,  de fato, está na necessidade de mudarmos um pouco quem somos; de  passarmos a ver a vida por outra ótica ou perspectiva; não podemos mudar a casa e levarmos os moveis antigos, empoeirados…mudamos a fachada sem mudar o interior. Isso seria uma ilusão de ótica! As mudanças precisam ocorrer na limpeza da alma, em vc encontrar o que estava perdido: sonhos que ficaram empoeirados, pessoas e planos que vc guardou na gaveta… e quando vc perceber, a casa sempre foi vc e a reforma pelo qual vc passou te tornou uma pessoa renovada, com novo brilho, novas cores… Sendo assim, viva esse dia permitindo que o ar invada as janelas da alma  arejando seus pensamentos, que o vento leve a poeira das insatisfações e que o sol aqueça a esperança no seu coração. Desejo a vc uma casa nova e  uma mente renovada…

segunda-feira, 26 de março de 2012

Diga "eu te amo" somente quando necessário. Não o torne tão clichê quanto o "bom dia".


Essa frase no face realmente me fez parar pra pensar... e chego a conclusão que discordo em gênero, número e grau.

Ora, passamos a vida em busca do amor..sonhando com o dia em que encontraremos alguém que transbordará o nosso coração com um simples sms de bom dia; alguém que nos faça rir das pequenas coisas e que seja docemente irritante tentando nos fazer sorrir.
E se acharmos esse amor e ele for tudo que esperávamos e mais um pouco...não seria clichê?!?!  O que falta para as pessoas é exatamente esse clichê do amor; a naturalidade em expressar repetidamente eu te amo deveria ser tão simples como o ar que respiramos.
São essas coisas que impedem que as pessoas sejam libertas dos casulos que o individualismo as colocou. Precisamos de amor  e precisamos amar; precisamos externizar e expressar com toda singeleza e naturalidade o amor que temos guardado.

Se um simples bom dia, algo tão clichê como dizem é capaz de fazer a diferença no dia de alguém, imagine eu te amo?!?

Por isso encerro esse meu pensamento com toda a sutileza, expressando meu sentimento mais sincero e puro a você que de repente passou por aqui, só por curiosidade e nem sabe que eu....eu amo você. 
Ei, psiu....te amo! 
Esse é o meu lema: pecarei por excesso não por omissão... 

quarta-feira, 21 de março de 2012

Nem tudo é como aparenta!

A  vida definitivamente nos cerca de complexidades que muitas vezes nos vemos entre a cruz e a espada; são decisões que precisamos tomar, escolhas que precisamos fazer… e tudo que queremos é olhar pro horizonte e ver o raiar da luz; 
 Tudo parece complicado, um misto de pensamentos absurdamente desalinhados. A estrada parece difícil e sem saída… as nuvens escuras impedem a clareza do raciocínio. E agora, o que fazer? A inquietude permeia o coração trazendo não somente o desânimo mas o desespero da incerteza. Você já se sentiu assim por alguma razão?
Então preste atenção pois nem tudo é como aparenta ser.  Não perca a esperança  nem a convicção pois existe sim a luz no fim do túnel; o sol irá surgir por trás das nuvens escuras, trazendo todo seu resplendor , secando toda amargura e germinando novamente a esperança e brotando a vitória como fruto de um período longo de espera. 
As flores sempre surgem na primavera, após o inverno de nossas vidas. Isso é fato! Só precisamos entender  que  são estações que passam á nossa frente com toda sua ferocidade mas  o fim é a colheita produtiva.
Nem tudo é o que aparenta... a estrada não é tão longa....mas aprenda com as nebulosidades do percurso.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Ainda bem...

video
Vale á pena assistir...eu gostei!